ABEX FutebolImprensa ► Com êxito, ABEX Futebol encerra primeiro evento do ano em São Paulo/SP
Facebook Twitter

Com êxito, ABEX Futebol encerra primeiro evento do ano em São Paulo/SP



Nesta segunda-feira (17 de março), a ABEX Futebol (Associação Brasileira dos Executivos de Futebol) realizou seu primeiro encontro do ano de 2014, em São Paulo. O evento aconteceu no Salão Nobre da Federação Paulista de Futebol.

No período da manhã o encontro contou com Aulas Presenciais do II Curso de Gestão Técnica no Futebol palestradas por Eduardo Conde Tega e João Paulo Medina.

“A ABEX acolheu a Universidade do Futebol de braços abertos e essa parceria só vem dando mais sucesso com o decorrer do tempo. Nossas propostas de promover cursos de atualização, desenvolvimento e capacitação do profissional estão sendo um sucesso”, disse João Paulo Medina.

Na parte da tarde o evento contou com a apresentação da Ponnta Sport & Business Softwares de Gestão para o Futebol, ministrada por Carlos Brazil.

Logo após, aconteceu um debate sobre a relação atual entre Clubes de Futebol e Torcidas Organizadas, com o Sr. Paulo Sérgio de Castilho (Membro da Comissão de Estudos Jurídicos Desportivos do Ministério do Esporte e Presidente da Comissão Especial de Estudos no âmbito do Ministério do Esporte) e o Sr. Luiz Roberto Martins Castro (Especialista em Administração para Profissionais do Esporte pela Escola de Administração de Empresas da Fundação Getúlio Vargas, máster em Direito Desportivo pela Universidade de Lérida – Espanha, Presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva da PGA do Brasil e Auditor da Segunda Comissão Disciplinar do Tribunal de Justiça da Federação Paulista de Futebol).

E finalizando, ocorreu uma discussão sobre a regionalização do acordo dos clubes no que diz respeito ao direito da indenização sobre a formação, debatida por Fábio Barrozo.

“Mais uma vez o evento foi coroado com sucesso. Com número recorde de participantes, mais de cem pessoas. Isso é uma prova de que verdadeiramente estamos trilhando o caminho da profissionalização do futebol brasileiro”, concluiu o presidente da ABEX Futebol, Ocimar Bolicenho.