ABEX FutebolImprensa ► Ponte Preta fala em “consenso” e confirma contato com grandes clubes
Facebook Twitter

Ponte Preta fala em “consenso” e confirma contato com grandes clubes



As chegadas de Nadson (Palmeiras B) e Nikão (Atlético-MG) elevaram a desconfiança dos torcedores da Ponte Preta em relação ao elenco para a disputa do Campeonato Brasileiro. Desta maneira, a diretoria tratou de esclarecer alguns pontos do planejamento para a disputa da competição nacional e a palavra-chave foi “consenso”.

“Aqui na Ponte Preta tudo acontece através de um conselho que é formado entre três partes: Marcus Vinicius, gerente de futebol, Gilson Kleina, treinador, e Ocimar Bolicenho, diretor executivo. Quando não se tem um consenso, o jogador não é contratado”, disse o diretor executivo do clube, Ocimar Bolicenho.

Ainda seguindo a mesma linha, Bolicenho negou que no momento tenha sido elaborada qualquer lista de dispensa, principalmente pelo fato do time ainda estar em disputa de duas competições: Paulistão e Copa do Brasil. Porém, o dirigente confirmou que tem mantido contato com clubes grandes para tentar reforços de olho no Campeonato Brasileiro.

“O que podemos afirmar é que não existe nenhuma lista de dispensa preparada, como foi especulado. Temos sim mantido conversas com os grandes clubes para tentar algum jogador que eles não estão utilizando e que nos interessa. E posso afirmar que não se trata de um ou dois clubes, mas mais de três clubes”, disse o dirigente.

Outro que saiu em defesa das contratações que chegaram até o momento na Ponte Preta, o gerente de futebol, Marcus Vincius, disse que bons nomes tem sido oferecidos, mas que estão fora do orçamento do clube para a sequência da temporada.

“Alguns empresários me ligam e oferecem um certo jogador. Digo que tenho interesse, mas a questão é financeira. O cara pede R$ 250 mil mensais, mas que deixa por R$ 200 mil. Assim assim, isso está fora da nossa realidade, pois representa cerca de 30% do que planejamos em nossa folha salarial para a disputa do Brasileirão”, afirmou Marcus Vinicius.

O ex-zagueiro da Ponte Preta e agora dirigente ainda foi claro ao dizer que a torcida pode continuar confiando na diretoria.

“Muitos estão dizendo que contratamos somente refugos até o momento, mas só peço uma coisa ao torcedor: acredite na gente. Continuem acreditando. Estamos na Ponte Preta há um ano e meio e o trabalho está sendo feito da melhor forma possível. Logo de primeira perdemos duas seguidas em 2011 e falaram que o time era candidato ao rebaixamento naquele Paulistão. Houve que classificamos e depois na Série B foi a mesma conversa e conseguimos o acesso. Nós nunca vamos mentir para nossa torcida”, completou.

Fonte: Terra Esportes.